Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Falta de Médico Perito no INSS é motivo de Reclamação da Câmara

Falta de Médico Perito no INSS é motivo de Reclamação da Câmara

por gum publicado 06/02/2013 10h24, última modificação 24/06/2015 13h00
A Câmara Municipal de Guajará-Mirim solicitou via ofício à superintendência do INSS a colaboração no sentido de viabilizar em caráter de urgência a lotação de um médico perito.

A Câmara Municipal de Guajará-Mirim solicitou via ofício à superintendência do INSS a colaboração no sentido de viabilizar em caráter de urgência a lotação de um médico perito no posto de serviços desta cidade a fim de atender aos inúmeros casos de avaliação médica que estão pendentes por falta de legista com qualificação neste segmento.

Segundo reclamos que tem chegado à Casa do Povo guajaramirense, depois que o único médico que atuava como perito de laudos de avaliação se aposentou, os segurados têm que se deslocar até Porto Velho arcando com despesas de transporte, estadia e alimentação, isto além de esperar até meses para conseguir uma consulta, fato que tem causado transtornos e dificuldades para aqueles que pela fadiga da doença ou da idade, muitos ainda tem passado a depender da ajuda de amigos, parentes e terceiros, uma vez em que estes se encontram sem recursos em termos de finanças para o seu sustento na capital do Estado.

A iniciativa deste manifesto do Parlamento Municipal pertence ao vereador Paulo Nébio (PMDB), com a assinatura de todos os vereadores da Casa de Leis, que em atenção aos clamores da população e sentidos com esta situação que já está beirando o patamar do absurdo, reclamam junto à um poder da esfera federal uma atitude com vistas de melhorar as condições de vida dos cidadãos que necessitam deste auxílio.

É preciso deixar claro que a Câmara não deseja extrapolar os poderes que lhes conferem os estatutos, mas sim estabelecer uma conexão entre os poderes. Embora o INSS seja um órgão federal e, portanto sujeito à subordinação e fiscalização em instância maior dos órgãos federais, os vereadores entendem que os cidadãos de Guajará-Mirim que o INSS atendem na cidade, apesar de terem nascidos e vividos no país e no estado de origem, pertencem antes de tudo ao município. E é em respeito ao cidadão municipal de Guajará-Mirim que a Câmara faz esta reivindicação.

Mídias Sociais

Facebook Twitter  Youtube 

Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo
Acesso à Informação
Pesquisar no LexML
Logotipo do LexML - Rede de informação legislativa e jurídica